Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2011

Iminente

Nem sempre palavras descrevem sentimentos, e isso me frustra. Como se fosse apenas uma simples questão de ser ou não ser... Eis a questão. Tudo se trata de uma escolha, um ponto de vista. Um ponto de partida. Doce solidão. Uma taça de vinho e um cigarro imaginário... E a vida assemelha-se a um pau: é curta, mas quando fica dura, parece tāo comprida. Vai pensando que conhecemos as pessoas. É hora do espanto? Ah se eu conseguisse entender metade das coisas que você se propõe a fazer... E se você pudesse ver como a linha da coerência é tênue e bamba. Mantenha-se ou volte pro picadeiro, e brinque de palhaço. Sigo sabendo que nada sei, e que o normal de antes já não me serve mais. Hoje a única coisa que pode tirar meu sono é se vai fazer sol amanhã.