Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2012

Das tripas ao coração

Não gosto de gente. Na verdade não sei o que sentir a respeito, meus sentidos se confundem, arrepia a espinha, um misto de pavor e nojo.

Não sou sociopata, é o que me dizem. Mandam procurar terapia, antecipo o diagnóstico e afirmo, o inferno são os outros.

Não lido bem com sentimentos, demonstrações públicas de afeto. Sentimentos estão intimamente vinculados á fraqueza, a ser vulnerável, não sou fraco, talvez seja.

Meu sarcasmo mascara uma carência de não sei o que, e afasta de mim os estúpidos e pequenos. Não suporto gente burra, pobre, sem educação. Crianças e animais despertam meus instintos homicidas.

Me sinto só, inquieto, buscando encontrar algo que me preencha, satisfaça e congele os dedos. Me sinto só, mas não me sinto mal, dou uma de autossuficiente e chuto o balde, pessoas não são bichos confiáveis, eu não sou.

Não vejo chances de me entregar a uma pessoa só, meu coração é repartido em pedaços, em vão, minha cabeça pensa em conquistar sem atar nenhum tipo de nó. Não finco o…